fbpx
dicas de home office

Dicas de home office: depoimentos e reflexões dos colaboradores da Umbora

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Diante da crescente pandemia da Covid-19, nós, da Umbora, compreendemos a importância de ter responsabilidade pela saúde dos nossos colaboradores neste e decidimos adotar o regime de home office.

Bom, essa mudança de presencial para remoto já completou mais de um mês e, durante esse período, foi necessário muita adaptação, paciência e resiliência.

Entendemos que o nosso papel agora é ser uma força positiva e estabelecer iniciativas que ajudem as pessoas a driblar esse momento com bem-estar.

Pensando nisso, reunimos aqui os depoimentos de alguns dos colaboradores da Umbora, mostrando como está sendo esse período de home office, quais os seus desafios e o que fizeram para se adaptar à esta nova realidade. Confira a seguir!

Natasha: “Ninguém se adapta a trabalhar de casa do dia para a noite, nós fomos criados de outra forma, tudo isso é muito novo.”

Confesso que antes de tudo isso era bem mais fácil trabalhar de casa, não pela natureza do trabalho em si, mas pelo contexto em que nos encontramos e os desafios apresentados. 

A quarentena vem mexendo com a cabeça de todo mundo e para quem está trabalhando de casa, essa situação pode atrapalhar e muito no rendimento, mas ao mesmo tempo é importante pensar o quanto temos sorte de cumprir as nossas funções no conforto do nosso lar e com segurança. 

Ninguém se adapta a trabalhar de casa do dia para a noite, nós fomos criados de outra forma, tudo isso é muito novo. No começo, ficamos buscando entender o processo, ver dicas e seguir recomendações.

Mas é importante falar que talvez nenhuma das dicas espalhadas por aí dos vários “especialistas” que surgiram na área nos últimos dias, sirva para você.

E hoje, depois de me adaptar e criar meu modelo de trabalho dentro de casa, entendi alguns pontos, e vou tentar descrever algumas vantagens e desvantagens do Home Office.

Pontos positivos:

  • Qualidade de vida: no primeiro dia trabalhando em casa você já nota a diferença de não ter que acordar correndo porque está atrasada, e de poder tomar o café da manhã tranquilo;
  • Ficar descalço o dia inteiro: eu amo ficar descalça e não ter a obrigação de me arrumar logo cedo, mas não só sobre isso que estou falando, não ter dress code e ficar à vontade é uma grande vantagem;
  • Aprendi novas ferramentas: você querendo ou não, uma hora ou outra, vai descobrir uma nova ferramenta, seja de produtividade, organização, reunião online, ou com a finalidade de te ajudar a realizar alguma tarefa;
  • Ganhei tempo: ganhei tempo para investir em outras coisas, em outros projetos, por isso tempo sem dúvida é uma das maiores vantagens, pode perguntar a qualquer pessoa que trabalha dessa forma, vão te confirmar. 

Pontos negativos:

  • Você pode ficar louco alguns dias com as paredes brancas da sua casa e querer mudar tudo de lugar: não é só sobre ficar cansada da sua casa que estou falando, mas da falta de contato físico com humanos, o “bom dia” caloroso dos colegas e as brincadeiras do escritório fazem bastante falta;
  • Abrir a geladeira toda hora sem necessidade: quando nosso escritório vira a cozinha ou qualquer outro cômodo da casa, a gente come sem parar;
  • Não ter uma hora de parar de trabalhar: da mesma forma que ganhamos tempo, também desaprendemos a noção de “hora de trabalhar e hora de parar”, o fato de não poder ir embora do seu ambiente de trabalho, muitas vezes, faz você se estender mais do que deveria, se empolgar com uma tarefa que quer terminar e ficar esgotado mentalmente;
  • Não conhecer pessoas novas: quando você não tem o trajeto de se deslocar e estar em contato com muitas pessoas é muito mais difícil conhecer gente nova e praticar o networking.

Claro, eu teria muito mais vantagens e desvantagens capaz de descrever essa experiência. Afinal, todo dia descubro coisas novas no home office e é importante dizer que, pelo menos para mim, trabalhar dessa maneira tem me deixado uma pessoa melhor em muitos aspectos, pude me reconectar comigo mesma.

Thicianna: “Cheguei a conclusão que tudo tá bem diferente, considerando que eu não parava em casa antes. Mas, que bom que ficou diferente!”

A experiência do trabalho home office me pegou de surpresa. E que surpresa!

Para alguns pode ser fácil, mas, exigiu uma força tarefa para essa adaptação. Do despertar do relógio até a hora de desligar o computador, em meio a uma ligação de vídeo e outra, surge um vizinho cantarolando alguma música alta, uma criança chorando desesperadamente ou até a disputa territorialista por espaços, que mantenho com Fernanda e Francisca, minhas gatas.

Cheguei a conclusão que tudo tá bem diferente, considerando que eu não parava em casa antes. Mas, que bom que ficou diferente!

Me permiti nesse período momentos de reflexão, aprendizado e aprimoramento. Consegui desenvolver alguns projetos que tinha vontade porém, por conta da correria não conseguia dar conta.

Estou vivendo um “novo mundo”… O ruim mesmo disso tudo é a louça que parece que nunca acaba.

Débora: “respeite a sua essência e se posicione e disciplina é tudo para você obter seus resultados.”

Por aqui o home-office foi ressignificado, o que antes era praticado uma vez ou outra teve de forma abrupta de ser organizado.

Começou com a adaptação de um espaço para ser escritório, arranjo de móveis e estrutura adequada para confortar os dias que estavam por vir. Na primeira semana a novidade espantou e entusiasmou!

Com o passar dos dias grandes desafios se apresentavam: conciliar a rotina materna, dona de casa e profissional; gerenciar o aumento exponencial das demandas de trabalho, praticar uma nova disciplina de trabalho, cuidar da saúde mental e necessidade de relacionamento social.

Foi preciso reinventar-se na forma de atuar como gestora e aumentar a dedicação para contribuir efetivamente com os clientes e o negócio, ouvir atentamente e realizar muitos alinhamentos.

A disciplina na atividade física foi intensificada, para ajudar mente e equilibrar os excessos da dieta que não está mais sendo seguida 100%.

Passei a realizar o café virtual, um bate papo semanal com minha amiga para jogarmos conversa fora e também curti algumas lives, sempre acompanhada de um bom vinho!

Minhas pequenas lições aprendidas para essa nova realidade são: respeite a sua essência e se posicione e disciplina é tudo para você obter seus resultados.

Camila: “Não duvide das voltas que a vida pode dar, eu mesma, não duvido de mais nada.”

As coisas mudaram sem avisar. Já tive experiências com trabalho digital, minha profissão facilita isso, mas desta vez as coisas tiveram um peso maior.

Para quem é mãe, administra uma empresa e ainda precisa liderar uma equipe de trabalho foi um peso grande de responsabilidade, não tive medo por mim, mas pelos outros. Senti medo. 

As crises de ansiedade vieram depois de 15 anos e continuaram durante os dias. A incerteza do amanhã para manter os colaboradores e garantir o sustento de casa foi passando, procurei ajuda com a psicóloga da empresa para conseguir voltar a pensar mais e sentir menos.

Desta forma, exclui tudo aquilo que não agregava mais e foquei em algo que estava no centro de tudo: eu!

Quando, aos poucos, fui voltando e recuperando a normalidade, as coisas começaram a ser mais fáceis de lidar e as preocupações com o futuro foram sumindo, trazendo o foco para o presente. Viver o dia a dia, com qualidade e gratidão. 

Tenho fé. Voltei a ter foco. Alinhei minha vida novamente. E isso tudo em um mês. Não duvide das voltas que a vida pode dar, eu mesma, não duvido de mais nada.

Essa foi a forma que encontramos de também ajudar você a superar os seus novos desafios, com depoimentos reais. Caso você também queira compartilhar a sua história, basta deixar nos comentários.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Umbora - Experiências Educacionais

Av. Washington Soares, 909 salas 83 A | B, Edson Queiroz, Fortaleza – CE

+55 (85) 3241.5759
+55 (85) 99139.0285

#umboranessa

© 2018 Umbora. Todos os direitos reservados. CNPJ: 27.212.739/0001-13